Toque de Midas

16:08


Eu sempre achei que azul era a minha cor, se eu tivesse que decidir por alguma cor para ilustrar minha vida essa seria azul, eu já deixei de estudar em um colégio porque o uniforme não era azul tamanha minha paixão por essa cor (os dois colégios que eu estudei tinham tons diferentes de azul, claro). Não tinha machista que conseguia me convencer de que era cor de menino, afinal é a cor do céu antes de ser "de menino". A minha cor extravagante também era azul, quando eu comprava um acessório ou sapato diferente esses sempre era da cor mar lynda. Até eu redescobrir o dourado.

Dourados desejo: Vans|J'adore|Adidas|Nike|Society6|Adidas|Frends
Faz uns anos já que ela divide minhas opiniões sobre ser minha nova cor, acho que fui influenciada por uma tia perua de bom gosto e uma obsessão passageira por colecionar revistas Vogue e L'Officiel, eram revistas já antigas em que a moda dos metalizados apareciam fortemente estampadas nos editoriais. Eu sempre fui tímida e achei ótimo que os metalizados estivessem em alta, era a oportunidade de usar sem ser julgada e adquiri meu primeiro item notável dourado, um All-Star Chuck Taylor de couro (que eu achei descobri que ainda não saiu de linha).



Esse All-Star era de um dourado mais discreto e foi só depois de correr atrás do livro Os Diários de Carrie que tem a capa metalizada que eu percebi que agora os itens que estão me deixando maluquinha são os liquid gold, que brilham bastante no sol. Bom, as marcas não têm contribuído para esse amor diminuir, principalmente a Adidas que lançou vários modelos lindos do clássico Superstar com detalhes na cor. E ele não entra somente em roupas, acessórios e livros desejos, mas eu tenho salvo algumas imagens no Pinterest de decoração com a cor em evidência.
O fato é, eu fui tocada mentalmente por Midas e não quero nem ver onde isso vai me levar, tenho certeza que seria muito feliz nos anos 1980 ou sendo uma perua bem brega trabalhada no ouro, hellooou!

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images