(In)Funcionária

19:44

#1

Às vezes a gente perde as esperanças ao trabalhar em escolas do Estado, ainda mais com as inúmeras realidades absurdas com que convivemos, todo dia aparece uma nova história de vida. Muitos alunos não têm diálogo em casa e veem nos professores, inspetores e outros funcionários uma figura confiável para contar seus atos imprudentes, seus medos e conquistas (nem sempre louváveis). Mas hoje eu pude presenciar uma amizade que está além da compreensão de muitos "humanos", aquele tipo de amizade que não se importa com o que os outros estão pensando e com a zoação dos colegas menos privilegiados de amor.
Uma aluna do 6º ano estava ensaiando a dança da festa de 15 anos da irmã com o seu par, um amigo da sua sala que tem deficiência intelectual. Entre todos os outros alunos ela escolheu ele para dançar em um dia super importante para a irmã, ele que muita gente só enxerga limitações e modos bruscos foi o sortudo. Esses são os raros momentos em que eu restauro a fé na humanidade, somente esses alunos me dão alguma esperança de que em um futuro não tão distante não teremos mais que lutar por direitos iguais entre gêneros, etnias, opções sexuais e qualquer outra diferença individual.



(In)Funcionária é a nova série de histórias, pérolas e relatos breves da vida como funcionária pública, uma forma de manter meu equilíbrio mental.

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images