Meme: 10 Coisas que eu aprendi em relacionamentos

09:30

source (we heart it)
Será que eu posso dizer que realmente aprendi que antes de se jogar completamente em uma paixão você deve se amar primeiro?  Que algumas situações pedem compreensão e que você deixe seu lado orgulhoso e mesquinho para não magoar a pessoa que te acompanha. Que amar é se doar, livrar-se das opiniões alheias e se preocupar somente com o que você sente, sim, amar é egoísmo.
Entendi que a comunicação é a base para qualquer bom relacionamento, se for preciso ligue de madrugada ou às seis da manhã, mas não fique criando situações baseadas na dúvida? Eu finalmente compreendi que a distância é um empecilho somente para os corações pequenos e vazios de espirito aventureiro. E que temos que procurar alguém que tenha sonhos tão grandes e mirabolantes (um tanto absurdos, sim) quanto os nossos, mas que o faça querer sair da vida cômoda que nos é dada. Que esteja sintonizado na mesma frequência.
Certifique-se de que essa é a pessoa pela qual os domingos entediantes se tornem o melhor dia da semana. Que te ensine coisas que o mundo não soube explicar e se interesse pelo que você tem a mostrar; que esteja com você pelo seu cérebro e não pela sua bunda. Que te escute e não tenha medo de ser ouvido, sabendo que compartilhar experiências e opiniões faz crescer. É preciso estar com alguém que prefira ficar mesmo com diversos motivos para ir embora, alguém que queira enfrentar o mundo ao seu lado porque você vale a viagem. E que lhe ensine amar Star Wars na mesma intensidade que ele, mesmo tendo total compreensão de que para você ninguém bate Harry Potter. 


Esse post faz parte da Blogagem Coletiva de junho do Rotaroots, comunidade criada para resgatar a época gloriosa dos blogs pessoais.

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images