Holi - Festival das Cores

01:30

Desculpem pelo atraso, mas como já comentei anteriormente está sendo um fim de ano cheio de atividades agora que eu me propus a vivenciar as coisas boas que essas grandes cidades cinzas me oferecem. No finalzinho de outubro eu conheci muitos eventos diferentes e hoje eu vim contar sobre minha experiência marcante no Festival das Cores.



Faz uns anos que eu me interesso por yoga, meditação e budismo, mas nunca cheguei a participar ativamente de nada e foi com o Holi que eu tive meu primeiro contato mais íntimo com essa filosofia. Eu já sabia que budismo é mais um estilo de vida do que uma religião (assunto esse que eu sou muito aberta a experiências, sou mais espirita do que qualquer outra) e acho muito legal a ideia de que para atingir a pureza espiritual nós termos que seguir os 8 caminhos, sendo a meditação o principal, então eu fui ao Ibirapuera com a intenção de participar da meditação coletiva.



Cheguei bem no comecinho da aula e achei incrível ver o pessoal sentado na grama, seguindo o orientador bem no meio da poluída São Paulo! Um pouco surreal olhar aquele mar de gente dando uma pausa no estresse de todo dia para curtir uma aula de yoga ao ar livre, foi ai que eu percebi que o evento seria sucesso.
Logo depois teve um grupo de dança indiana e os grupos de mantra que embalaram a galera toda sem preconceito, já que não tem muita letra (hare krishna rama em ordens diversas). 


O que eu não gostei foi que na hora de trocar o ingresso pelo kit de pó colorido a organização resolveu que seria melhor entregar primeiro o refil e só depois liberariam os pós, fazendo o pessoal enfrentar duas filas gigantes. Muita gente perdeu a primeira explosão de cores porque ainda estava nas filas.


O restante do evento rolou tranquilamente, não vi nenhuma confusão ou desentendimentos entre os participantes e nem fiquei sabendo de nenhum arrastão ou coisa parecida. O espaço escolhido era perto de banheiros e para quem não quisesse ficar no meio da muvuca e curtir de longe ainda tinha bastante espaço para ficar sentadinho no gramado.


Além de vivenciar essa nova experiência incrível eu fiz amizade com umas meninas bem legais que me acolheram por eu estar sozinha, os contatos acabaram se perdendo, mas fica aqui meu agradecimento pela companhia (: 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Ia ter aqui no RJ (ou ja teve) e eu até pensei em ir, mas fiquei com medo da segurança (leia-se falta dela) no local. Agora me arrependo porque vi esse teu post e as fotinhos lindas </³


    pamelawille.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah deveria mesmo ter ido, nem se fosse só um pouquinho, foi muito divertido. Mas eu entendo, ano que vem se tiver de novo tenta chamar um grupo de amigos pra te acompanhar, dá uma sensação de segurança (:

      Beijos

      Excluir

Flickr Images